Cosmos Wide Voltar ao Website
Sua empresa navega sobre o Oceano Vermelho ou Azul?
Estamos acostumados a competir e muitas empresas acabam por focar intensamente na concorrência, na briga de tirar clientes e trazer para o seu negócio. No livro “A estratégia do Oceano Azul” de Chan Kim e Renée Mauborgne é apresentada uma nova maneira de pensar sobre estratégia. O que resulta em investir na criação de novos espaços (oceano azul) ao invés de ficar no mesmo espaço aonde predomina a concorrência (oceano vermelho).


Estratégia do Oceano Vermelho
X
Estratégia do Oceano Azul

Estratédia do oceano vermelho Estratédia do oceano azul
- Competir no espaço de mercados existentes - Criar espaços de mercado inexplorados
- Vencer os concorrentes - Tornar a concorrência irrelevante
- Aproveitar a demanda já existente - Criar e capturar nova demanda
- Exercer o trade-off valor-custo - Romper o trade-off valor-custo
- Presume que as condições estruturais do setor estão predeterminadas - Assume que as fronteiras do mercado e a estrutura do setor podem ser reconstruídas


Quando se está no Oceano Vermelho à competição é o foco e você competirá em um oceano superlotado, com o objetivo de sobreviver buscando sobressair-se dos seus rivais e pegar o maior número da demanda já existente.

Diferentemente no Oceano Azul, a concorrência não é o fator relevante, todo o empenho está na busca por inventar e capturar uma nova demanda de cliente. Encontrar e desenvolver mercados onde há pouca ou nenhuma competição. O seu foco passa a ser o de explorar e proteger o seu negócio. É no Oceano Azul que se consegue aumentar o valor percebido e se passa a construir uma marca e não um produto.

Identificar em qual oceano a sua empresa navega ajudará você a descobrir para onde deve canalizar toda a sua energia, estratégia e recursos. E migrar para o Oceano Azul!
Saiba como Ampliar sua produtividade e lucratividade clique aqui